ÚLTIMAS EDIÇÕES IMPRESSAS DA REVISTINHA RIA

   

ANUNCIANTES
Avenida Auto Shop

Bicho Bacana
Boteco  Bonanza
Caiçara Despachos
Casa do Construtor
Casa Esperança
Disk Tudo
DJ Riva Decibeis
Hotel Veleiro
King's Vidros
Kit Festa da Nadir
Lavanderia Gonçalves
Litorsoft Informática
Lureban
Max Copa
Mega Papelaria
Morena Flor
Moreno's Delivery
Natural Arte
Nova Car
Ochare Modas
Oftalmo Laser
Pet Casa do Canário
PHD Informática
Pintura em Geral
Pitz Top Pizzaria e Esfiharia
Placas e Fotos
Praia Chopp
RF Calçados
Sérgio do Gás
Tico Festas
Videomar Disk Pizza e Açaí
Vuchella Pizzaria e Rest.
ENEGEO

 

LIKS LEGAIS
CLASSIFICADOS
BLOGRR
O ANTAGONISTA
VOLP
RR GOOGLE
ELEIÇÃO 2016
COMO FAZER
CURSOS ONLINE
ENQUETE
Painel dos Anunciantes
Tabela de Anúncios
Cinema
Módulo
MAGAZINE

Cartas de Cristo
Só vendo pra crer

Fábulas
Loterias
Dietas
Meus Textos
Uol
Globo
Terra
Ig
Yahoo
Condições das Praias
Travessia da Balsa
Distância entre Cidades
Hora Certa no Mundo
Impostômetro
Cond. das Estradas
Estatísticas Mundiais
População Brasileira
Cartas de Cristo
Despertando Deus
Picasion
Webmail 
Gmail
FTP
247
Piaui

TvXat

Caixa
Pinterest
Converter Arquivos
Cursos
Sua Saúde
Cálculos

EasyApp
ACPS

SEALPDF

CONVERTE

PAULISTA



Tamoios News - Aqui a informação vai mais longe

Downvids

SEGUNDAS

Segunda-feira é sempre um porre.
Tudo que eu queria hoje era ir pra casa, me jogar no sofá e ficar lá vendo tv e coçando o saco. Já me preparava pra vazar quando ouvi: aquele salto toc, toc, toc entrando na minha sala. Olhei para porta e me deparei com um decote. Sério! A única coisa que pude ver antes do "Boa tarde, quero fazer um anúncio na revista".
Meio contrariado pedi para aquele decote se sentar.
Ela abriu a bolsa procurando um rascunho e eu pensei em lhe oferecer alguma coisa tipo: uma água, um café, um banho....
Depois de virar a bolsa pelo avesso, finalmente ela encontrou o papel amassado. Me informou o que queria sem perguntar o valor' "Menos mal". Algumas vezes meus olhos não conseguiram desviar do decote o que a deixou meio incomodada embora tenha sorrido em um dos flagra. Já sabia seu nome. Valquíria, pensei em perguntar se era de guerra. Kkkkk. Olhei para o relógio e tentei apressar o fechamento do negócio quando senti uma profunda dor de barriga, me contorcendo tentei mostrar naturalidade. Minha barriga entrou em ebulição uma tempestade. Para disfarçar o barulho coloquei "Patience" Guns N' Roses e aumentei o volume para que o assobio do Axl Rose, cobrisse o meu terremoto interno. Ela abriu novamente a bolsa procurando o talão de cheque. Pensei que se demorasse como demorou pra achar o rascunho eu ia me borrar todo ali na sua frente. A essa altura a samba canção já sinalizava com uma bela freada na curva dos tamboretes.
Finalmente, ela preencheu o cheque e se levantou para sair. Eu peguei o papel  cruzado sem nem ao menos conferir e fiz um movimento involuntário de levá-la até a porta. Ela foi esticar a mão para se despedir e deixou a chave do carro cair. Eu ameacei me abaixar mas preferi contemplar o decote que deixou minha imaginação ver aquele par de silicones bailar diante dos meus olhos.
Finalmente ela se foi. Olhei rumo a porta do banheiro e os 12 metros que nos separavam foi o percurso mais longo da minha vida. E foi ali que entendi a profundidade da frase. "Cagando e andando'.

 

INTIMIDAÇÃO?

O vazamento das conversas do jornalista Reinaldo Azevedo, com a Andréia Neves e que causou seu pedido de demissão da Revista Veja e Rádio Jovem Pan foi, ao mesmo tempo, uma das coisas mais legais (divertidas) e ilegais (do ponto de vista jurídico mesmo)
dos últimos tempos.
A gravação traz indício do que todos desconfiavam: que ele é um pau-mandado no bolso do Aécio. A mudança intelectual dele está intimamente ligada a isso. Ele fez a aposta que Aécio seria um grande líder brasileiro e perdeu. Quanto ao conteúdo do que ele faz hoje, pouca coisa se salva.
Por outro lado, é um escândalo e um escárnio à democracia o vazamento desse áudio, que é uma conversa entre jornalista e fonte, o que é protegido pela constituição e base da liberdade de expressão e de imprensa. A PGR, que deveria zelar pela proteção dos princípios constitucionais, foi causador de um grave dano jurídico, social e individual ao Reinaldo Azevedo. O jornalista perdeu empregos e teve a carreira posta na berlinda. Terá certamente direito a indenização e meu imposto acabará sendo usado para pagar perdas e danos pra ele.
Ironicamente, a PGR, no afã de descreditar Reinaldo Azevedo, fortaleceu a tese recente mais polêmica dele: a de que os protagonistas da lava jato abusam da sua
autoridade ao arrepio da lei.
E Reinaldo, também ironicamente, acabou vítima de sua profecia autor realizável.
Por Bernardo Santoro

PENSA NUMA FIGURA
Estava cabisbaixo colocando o tico & teco para desenvolver alguma piada sobre a questão do fechamento na UPA recém inaugurada de São Sebastião, quando a Cremilda, nossa secretaria faz tudo, bateu nas minhas costas com um tapa tão forte, que quase cai da cadeira. Assustado eu disse:
-Que porra é essa Crema?
- Fiz um café pra ver se você pega no tranco chefe!!! Ta quase uma hora ai sem mexer nem a pestana!!!

-Menos né Crema!!! Esse seu bracinho dói porra!!!  Da próxima vez te entrego pro seu Zé!!!
-Pelo amor de Deus chefe!!! Não faça isso nem de brincadeira!!!!
O que ele vai pensar de mim, dando em cima de home casado.
-Ele vai adorar te pegar dentro da  Kombi, quando te leva pra casa! kkkkkkkkkkkk
-Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, bem que eu ia adorar, chefe!- disse ela e saiu rindo pra cozinha.
Cremilda desde que se tornou membro da RR se diz apaixonada por seu Zé. Eu acho  que é pelo jeito paternal que seu Zé trata todo mundo. Ele  é casado  e no seu jeitão simples de minerim de Berlandia  conquista todo mundo.
Cremilda, uma sonrrizal, só agita. Apesar dos 23 anos, se diz virgem, inclusive BV,  sonha casar de véu e grinalda e sempre me diz que vou ser seu padrinho de casamento. Pensa numa figura!

 SEXO

Estava lendo uma pesquisa sobre a vida sexual dos brasileiros, cujo resultado aponta que homens querem oito relações sexuais semanais e mulheres se satisfazem com três. A pesquisa aponta que o homem é mesmo um canalha, quando pensa em oito ou mais, certamente está pensando em parceiras diferentes.
O Marx disse, que o homem se move pelo poder, logo depois Freud complementou a frase dizendo: "pelo poder e o sexo"
O grande jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues alcunhou:
" Se todos conhecesse a vida sexual de cada um, ninguém se olhava na cara."
Já o título de uma comédia brasileira, sugere que ainda somos primitivos nesse campo "Todo gato vira-lata tem a vida sexual melhor que a nossa.
Seguindo qualquer dos raciocínios acima, sexo?
To dentro...to fora. To dentro...to fora! kkkkkkkkk


Então, foi assim ...
- "Um dia decidi sair do trabalho mais cedo e fui jogar golfe! Quando estava escolhendo o taco, notei que havia uma rã perto dele.- A rã disse:
-'Croc-croc! Taco de ferro, número nove!
Eu achei graça e resolvi provar que a rã estava errada. Peguei o taco que ela sugeriu e bati na bola. Para a minha surpresa a bola parou a um metro do buraco!
- Uau!!! - gritei eu, me virando para a rã - Será que você é minha rã da sorte?
Então resolvi levá-la comigo até o buraco.
- O que você acha, rã da sorte?
- Croc-croc! Taco de madeira, número três!-Peguei o taco 3 e bati. Bum! Direto no buraco! Dali em diante acertei todas as tacadas e acabei fazendo a maior pontuação da minha vida! Resolvi levar a rã pra casa e, no caminho, ela falou:
- Croc-croc! Las Vegas!
Mudei o caminho e fui direto para o aeroporto! Nem avisei minha mulher!
Chegando em Las Vegas a rã disse:
- Croc-croc! Cassino, roleta!
Evidentemente, obedeci a rã, que logo sugeriu:
- Croc-croc! 10 mil dólares, preto 21, três vezes seguidas.
Era loucura fazer aquela aposta, mas não hesitei.
A rã já tinha credibilidade.
Coloquei todas as minhas fichas e deu na cabeça! Ganhei milhões! Peguei toda a grana e fui para a recepção do hotel, onde exigi uma suíte imperial. Tirei a rã do bolso, coloquei-a sobre os lençóis de cetim e disse:
- Rãzinha querida! Não sei como lhe pagar todos esses favores! Você me fez ganhar tanto dinheiro que lhe serei grato para sempre!

E a rã replicou:
- Croc-croc! Me dê um beijo! Mas tem que ser na boca!
Tive um pouco de nojo, mas pensei em tudo que ela me fez e mandei ver!
No momento que eu beijei a rã, ela se transformou numa linda ninfeta de 17 anos, completamente nua, sentada sobre mim. Ela foi me empurrando bem devagarzinho para a banheira de espuma...
“Juro por Deus” - disse o Senador ao Presidente da Comissão de Ética!
“Foi assim que conseguí minha fortuna e essa menina foi parar no meu quarto”

A CARNE É FRACA
Acho que todas as pessoas precisam saber o que se esconde nesse hábito aparentemente inocente de comer carne.
Assista o documentário.
Talvez após, você repense sua alimentação.

 

REDAÇÃO DO JOÃOZINHO ( PIADA NOTA 1000)


A professora Vera achou que os alunos já estavam bem grandinhos e os mandou fazerem uma redação sobre o tema sexo, ou assunto relacionado com esse tema.

No dia seguinte, cada aluno leu a sua redação:
a da Mariazinha era sobre métodos contraceptivos
a do Gerson "falava"que não muito gostava de sexo
a Analúcia escreveu sobre rituais sexuais antigos etc..(blá, lá...).

E chegou a vez do Joãozinho:

- Então Joãozinho, fizeste a redação que eu mandei?
- Sim, Sra. professora!
- Leia então! 
E o Joãozinho começou a ler alto:
Era uma vez no velho Oeste, há muitos, muitos anos.
No relógio da igreja batiam as 18h.
Nuvens de poeira arrastavam-se pela cidade semi-deserta.
O Sol já ofuscava o horizonte e tingia as nuvens de tons vermelhos.
De súbito, recortou-se a silhueta de um cavaleiro. 
Lentamente, foi-se aproximando da cidade...
Ao chegar à entrada, desmontou.
O silêncio pesado foi perturbado pelo tilintar das esporas.
O cavaleiro chamava-se Johnny!
Vestia-se todo de preto, à exceção do lenço vermelho que trazia ao pescoço e da fivela de prata que segurava os dois revolveres na cintura.
O cavalo, companheiro de muitas andanças, dirigiu-se hesitante para uma poça de água...
PUM!
O velho cavalo caiu morto com um buraco na testa.
O cheiro da pólvora vinha do revólver que já tinha voltado para o coldre de Johnny.
Johnny não gostava de cavalos desobedientes!
Johnny dirigiu-se para o bar.
Quando estava subindo os três degraus, um mendigo que ali estava, tocou na perna de Johnny e pediu uma esmola.
PUM! PUM! PUM!
O esmoleiro esvaiu-se em sangue. Johnny não gostava que lhe tocassem!
Johnny entrou no bar
Foi até o balcão, e pediu uma cerveja. O barman serviu-lhe a cerveja.
Johnny provou e fez uma careta...
PUM!PUM!PUM!
Johnny não gostava de cervejas mornas e detestava barmans relapsos.
Outros vaqueiros que ali estavam olharam surpresos para Johnny.
PUM! PUM! PUM! PUM!
Ninguém sequer conseguiu reagir.
Johnny era rápido no gatilho.
Johnny não gostava de ser o centro das atenções!
Saiu do bar.
Deslocou-se até o outro lado da cidade para comprar um cavalo.
Passou por ele um grupo de crianças a brincar e a correr, levantando uma nuvem de poeira...
PUM! PUM! PUM! PUM! PUM! PUM! PUM!
Desta vez os dois revólveres foram empunhados.
Johnny não gostava de poeira e além disso as crianças faziam muito barulho!
Comprou o cavalo, e quando pagou, o vendedor enganou-se no troco...
PUM! PUM! PUM!
Johnny não gostava que o enganassem no troco!
Montou no novo cavalo e saiu da cidade.
Mais uma vez a sua silhueta recortou-se no horizonte, desta vez com o Sol já quase recolhido.
Todos aqueles mortos no chão. Até o silêncio era pesado.
FIM

Joãozinho sentou-se.
A turma estava petrificada!
A professora chocada pergunta:
- Mas....mas... Joãozinho...
o que esta composição tem a ver com sexo?
Joãozinho, com as mãos nos bolsos, responde:

- O JOHNNY ERA FODA!

A TRAVESSIA DO MAR VERMELHO

Às margens do Mar Vermelho, Moisés discute com os seus oficiais.
- "Moisés, os egípcios estão cada vez mais próximos", informa um deles.
- "E são milhares!", completa outro.
- "O que vamos fazer?", pergunta um terceiro.

- "Calma!", intervém Moisés, - "Não se desesperem! Vou mandar abrir as águas do mar, nós atravessaremos por esta passagem e, assim que terminarmos de passar, as águas tornarão a se fechar impedindo que os egípcios nos sigam."
- "Uau!", exclama o assessor de imprensa, - "se você fizer isso, eu juro que te consigo no mínimo dez páginas na Bíblia!"