APERTE O PLAY PAR PARAR O SOM

 

POR NIVALDO GONÇALVES


TEXTO DE SEGUNDA
21/03/2016

O Brasil passa por uma turbulência política sem precedentes.
Tivemos nos últimos 15 dias, duas grandes manifestações distintas. Não vou aqui me ater a números, o importante é que ambas foram as maiores manifestações já ocorridas a favor ou contra o governo.
Uma convocada pelo MBL, (Movimento Brasil Livre) uma organização "apartidária" a outra convocada pelo PT, MST, CUT e centrais sindicais que apoiam o governo.
Em São Paulo o movimento contra o governo, expulsou políticos suspeitos de envolvimento com a corrupção que tentaram tirar proveito do ato.
O pró governo, aplaudiu político investigado e apontado como líder do maior escândalo de corrupção do país.
O que isso quer dizer? Simples, um grupo luta contra a corrupção e a outro contra uma justiça que quer exterminar um único partido como se isso fosse a salvação do país.
Menos justiça...menos, muito menos
Só chegaremos a um consenso quando houver total imparcialidade nas investigações.
O sistema político brasileiro trás seus vícios do século passado e é necessário uma faxina geral, independente de sigla ou cor, para voltarmos a ter esperanças.
O jornal britânico "The Observer", edição dominical do "The Guardian", defendeu a saída da presidente Dilma Rousseff e a convocação de novas eleições no país.
"Uma preocupação óbvia é que esses protestos [pró e contra o governo], se perderem o controle, possam degenerar em violência generalizada, levando ao risco de intervenção militar", diz o texto.
UMA SEMANA DE PAZ NAVEGANTES!
Já dizia Pessoa.
"Navegar é preciso, viver não é preciso."
(Nivaldo Gonçalves de Oliveira)

SE CHOVER DE MANHÃ, VOU A TARDE

19/09/2015

Acordei com um sábado lindo lá fora. Pulei da cama procurando dipirona, paracetamol ou qualquer droga que alivie dor de cabeça.. Lembrei que hoje é "O dia mundial de limpeza dos rios e praias. Deve ter uma galera reunida na Praia do Bairro...me sinto um merda por não me envolver com essas causas do meio ambiente. O mundo está virando um lixo, por que pessoas como eu fogem de suas responsabilidades com o planeta, por causa de uma dorzinha de cabeça. Mal sabem eles, a dor de cabeça que está por vir, talvez não a eles, mas certamente aos seus filhos e netos...

“Quero colo. 
Vou fugir de casa
Posso dormir aqui com vocês...”

A noite tem Patrick Gadu, o irmão da Maria Ga

du, no Tattooing. Além da boa música vai rolar um bolo de aniversário da Cira Violante.

“Johnny andava meio quieto demais
Só que quase ninguém percebeu.”

Petter era um cara legal! -Nos conhecemos através da Revistinha Ria.- Quando enchia a cara ficava um legal insuportável. Ele era formado em publicidade, vivia sozinho e fez freela por longos anos na Revistinha Ria, como contato publicitário. Como não era chegado a coisas do tipo regras, ia vivendo cada dia exatamente do jeito que o satisfazia. Em 2013, se mudou para São José dos Campos, onde fundou uma Revista com o nome “Tudo de Bom”, que não passou do primeiro exemplar.
Nos reencontramos no semáforo da Auta Pinder com Guarda Mor Lobo Viana. Quando o vi todo sujo com dente quebrado vestido com uma fantasia imunda de pirata e pedindo moedinhas no meio do trânsito, pensei que fosse um pesadelo, pegadinha ou coisa parecida. O abordei. Ele se assustou e me disse sem olhar nos olhos, rápido, como se quisesse fugir de alguma coisa, que nada tinha dado certo em São José, e que alem de ter todos seus pertences roubado ainda foi agredido pelos marginais. Depois daquele dia, sempre que passava naquele semáforo parava pra conversar com ele e lhe dava alguns trocados. Tentei o ajudar de várias maneiras, mas ele mesmo não queria se ajudar. Certa vez me disse que aquilo era temporário, o tempo suficiente para tirar segunda via dos documentos roubados. 
Próximo do natal de 2013, eu separei uma grana pra ele. Procurei por várias vezes ali no semáforo, e nunca mais o vi. Pessoas nas ruas já me perguntam por ele, outras disseram que ele morreu, mas nada de concreto. 
Ontem fiz uma busca na internet e descobri que foi aberto uma empresa individual no ramo de editoração de jornais, revistas e listas telefônicas com seu nome, em São Paulo, no mês de abril de 2014. Tentei contato no telefone que consta, e ora não atendem, ou dá caixa postal. 
Torço para que ele esteja bem, independente onde quer que seja.

Alô alô teresinha...
Aquele abraço!!!

Amanhã é dia de abraço. “Por terra e pelo mar, vamos abraçar o Araçá! 
Um movimento em defesa do perigo representado pelo projeto de ampliação do porto de São Sebastião. Acabaram de me ligar convidando para uma passeio de barco amanhã. Aceitei na seguinte condição: Antes de irmos para o Bonete, dar um abraço no Mangue, com ou sem dor de cabeça.

Tem café fresco na garrafa, tapioca na geladeira e o mundo não vai acabar hoje.
A dor de cabeça vai passar e o bonde das 11 mesmo atrasado também passa.

O GOVERNO É SEMPRE FDP

14/09/2015

O pacote fiscal para equilibrar as contas públicas lançado hoje pela presidente Dilma, trouxe em minha memória uma noite de quinta-feira de 1986. O Teatro Castro Mendes de Campinas, lotado para o Espetáculo 
“Morte Acidental de um Anarquista”. 
Em determinada cena, Antonio Fagundes interrompeu o espetáculo e falou por alguns minutos sobre o fim da Ditadura e a necessidade de um país democrático. Ele terminou muito emocionado dizendo: 
“Hoje somos livres para manifestar nosso sentimento contra esse. e qualquer governo. Então vamos aproveitar essa conquista e por pra fora o nosso verdadeiro sentimento, repitam comigo:

“O GOVERNO É SEMPRE FILHO DA PUTA!”

No início foi um coro tímido, mas com a insistência do ator em minutos todos de pé repetiam a frase, como vomitassem algo há muito tempo preso na garganta.

Repitam: O GOVERNO É SEMPRE.

O FIM DO TÚNEL SE APROXIMA

03/09/2015

      Após o anúncio da presidente Dilma, semana passada, de um déficit orçamentário de R$ 30,5 bilhões para 2016, Chego a conclusão que a “transparência da presidente, finalmente mostrará o nosso querido Brasil, oficialmente no vermelho o ano que vem. Que a “marolinha”, não há mais, que a “gota d’água”, não há mais; onde “Judas perdeu as botas”, não há mais; os “pingos dos is”, não há mais e a famosa “luz no fim do túnel”, - última esperança para quando tudo estivesse dando errado - também... não...há...mais. 
Voltamos a viver num país sem leis, sem regras, sem esperanças e sobretudo sem vergonha.
     O vale tudo começou: 15% de aumento no gás de cozinha, alta diária do dólar, CPMF, mais desempregos. E advinha quem vai ficar sem os R$ 30,5 bilhões do rombo no orçamento? SAÚDE, EDUCAÇÃO SEGURANÇA PÚBLICA, etc, etc, etc.
     Agora é “olho por olho”, “dente por dente”. “Salve-se quem puder”! 
Como já não tenho 20 anos, para mais essa luta inglória, “Vou embora pra Passagarda, lá sou amigo do rei.”
O que? Passagarda também não há mais? 
“E...agora... JOSÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ?”

O LADO PODRE DA MÍDIA

26/06/2015

     Eu tinha um compromisso agendado para quarta-feira, 24, 9 horas, mesmo tendo muita dificuldade de acordar nesse horário. No dia e horário fui acordado com a campanhinha tocando. Pulei de cama, abri a janela e pedi para pessoa aguardar um instante. Tempo suficiente para lavar o rosto e colocar uma roupa. Na verdade era um cliente que ficou de me fazer um pagamento e disse que era o único horário disponível naquele dia. Alguns minutos depois fui atendê-lo no portão, e notando meu semblante ainda sonolento ele disse:
- Pelo jeito nem viu as noticias ainda hoje!
- Verdade! - eu disse e perguntei:
- Aconteceu alguma coisa?
- O cantor Cristiano Araujo e sua namorada morreram em um acidente de carro nessa madrugada - ele disse.
     Eu quis perguntar quem era Cristiano Araujo, mas achei melhor apenas lamentar como se o conhecesse. Conversamos algumas coisas banais e após efetuar o pagamento ele se foi. Voltei para o meu quarto liguei a tv e o computador curioso para saber quem era o cantor.. 
Hoje, como eu, o Brasil inteiro sabe quem foi Cristiano Araujo. As tvs sensacionalistas que incluo a rede Globo, aproveitando o carisma do cantor no meio sertanejo dedicou suas programações quase integral na cobertura do acidente, velório, enterro e até a última pá de terra cair sobre o túnel do cantor. (Pouco falaram sobre Allana Moraes, a namorada) 
     Me lembro de cobertura assim apenas em 3 ocasiões, mortes de: Tancredo Neves, Airton Senna e Mamonas Assassinas. Cristiano Araujo que desde a infância lutou para seguir como Leonardo, seu ídolo e padrinho artístico, infelizmente ficou tão conhecido quanto, com o acidente que interrompeu seus sonhos e que a tv brasileira aproveitou o máximo para mais um pontinho no ibope.